Tipo 2

O diabetes tipo 2 é caracterizado por uma resistência das células do organismo à ação da insulina. Ou seja, o paciente produz a insulina, mas ela não é capaz de colocar a glicose nas células pois elas não permitem. Geralmente ocorre na idade adulta, em pacientes obesos e sedentários – mas não é regra.

O primeiro tratamento para a diabetes tipo 2 é a prescrição de uma dieta adequada com um nutricionista e a elaboração de uma série de exercícios por um profissional de educação física. Se mesmo assim as taxas de glicose permanecerem acima do normal, é iniciado o tratamento medicamentoso.

O tratamento do diabetes tipo 2 é feito por meio dos seguintes medicamentos:

1.    Biguanidas: Metformina

2.   Sulfonilureias
– 1ª geração: Tolbutamida e Clorpropamida
– 2ª geração: Glibenclamida e Glipizida

3.   Glitazonas: Rosiglitazona e pioglitazona

4.   Inibidores da alfa-glicosidase: Acarbose


%d blogueiros gostam disto: